Home / Destaque / Educação de Araguaína abre matrículas para migrantes

Educação de Araguaína abre matrículas para migrantes

O período de férias escolares entrou na reta final. A partir de 1º de agosto, as crianças voltam às aulas nas escolas e creches municipais de Araguaína. Para não perder nenhum dia letivo, a semana que antecede o reinicio é a última oportunidade para que as famílias que se mudaram para o Município matriculem seus filhos.

De acordo com o secretário municipal da Educação, Jocirley de Oliveira, são esperadas 300 novas matriculas na rede municipal de educação. “Tem muitas famílias que chegam de outras cidades e do campo nesta época. É uma expectativa baseada em estatísticas dos anos anteriores”.

Paralelamente, os técnicos da secretaria realizam o Censo Escolar, cadastrando os alunos matriculados até o dia 29 de maio. O levantamento é feito por meio da plataforma do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP).

Para fazer a matrícula é preciso que os pais ou responsáveis pela criança procurem a diretoria da unidade escolar onde desejam ingressar, tendo em mãos a declaração de transferência da escola onde a criança estudava, também o Cartão Cidadão, que contém o número do Número de Identificação Social (NIS) e a Caderneta de Vacina, com vacinação atualizada.

Mais vagas
O Centro de Educação Infantil Nossa Senhora dos Milagres, do Setor Itaipu, terá as novas instalações inauguradas e dobrará o número de vagas, de 150 para 300 crianças de seis meses a cinco anos, em dois turnos. Ela é localizada na Rua Araranguá, quadra 39, Residencial Camargo, na divisa com o Setor Itaipu.

Com as novas instalações da creche Nossa Senhora dos Milagres e a nova unidade do Setor São Miguel, que deve ser entregue no final do ano, o número de vagas mais que dobrou em Araguaína, de 12 para 25 mil. Investindo mais de R$ 31 milhões na Educação entre recursos federais e municipais.

Desde 2013, a Prefeitura destina cerca de 40% do orçamento do Município na Educação. Foram ampliadas e reformadas 19 unidades de ensino, seis reconstruídas e doze novas foram entregues para a comunidade com padrão de excelência. Todas as salas de aula da Rede Municipal de Ensino, urbanas e rurais, são climatizadas com ar-condicionado.

De olho no futuro
Para o secretário municipal da Educação, Jocirley de Oliveira, o investimento faz parte da organização que proporcionará o crescimento saudável ao Município. “Estamos preparando Araguaína para os próximos 10 anos, assim, mesmo se a cidade crescer bastante, não teremos problemas de falta de vagas na rede pública de ensino. Além disto, as novas unidades e ampliações obedecem ao crescimento já existente, principalmente onde há investimentos imobiliários”.

DEIXE AQUI SEU COMENTARIO

About Luiz Martins

x

Check Also

Projeto “De Bem com Espelho” eleva autoestima dos pacientes e servidores no HGP

Cortes de cabelo, hidratação, penteados rápidos, turbantes e muitos sorrisos foram os ...

Powered by Dragonballsuper Youtube Download animeshow