Home » Destaque » Educadores recebem chaves de possibilidades no encerramento da formação da Escola Jovem em Ação

Educadores recebem chaves de possibilidades no encerramento da formação da Escola Jovem em Ação

Os 150 professores que participaram da formação do programa Escola Jovem em Ação, realizada em Palmas, retornam as suas escolas com mais motivação, com novas ideias e novas práticas pedagógicas. A formação foi encerrada nesta sexta-feira, 26, com os gestores das 12 primeiras escolas do Tocantins que aderiram ao programa de Fomento à Implantação de Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral – denominado Escola Jovem em Ação, recebendo chaves simbólicas, representando os avanços alcançados no primeiro ano de implantação do programa e compromissos firmados para o ano letivo de 2018.

Rafael Cezário dos Santos, orientador educacional do Colégio Estadual Padrão, localizado na cidade de Brejinho de Nazaré, contou como a formação ajudou a esclarecer alguns pontos relacionados ao seu trabalho. “Grande parte dos conteúdos que vimos aqui se refere a práticas que já realizávamos na sala de aula, mas não fazíamos com sistematização. Outro ponto que destaco é a visão que temos do aluno, ele passa a ser um agente protagonista. Nós temos que conduzir o processo educativo de tal forma que desperte no estudante o seu potencial. Temos que acreditar no jovem, na sua criatividade e nas transformações que ele poderá realizar em sua vida e na sociedade”, ressaltou.

Lélia Regina Azevedo Soares, professora de Geografia, disse que gostou tanto da proposta da Escola Jovem que deixou o seu trabalho numa escola privada para ingressar numa instituição de ensino pública. “Posso dizer que me encantei com o programa. Com essa nova concepção de Escola Jovem, nós abraçamos o aluno de tal forma que ele possa se desenvolver como indivíduo pensante, que sabe tomar decisões e decernir as consequências de suas escolhas”, frisou.

Luciana Moreira Carneiro, coordenadora pedagógica do Centro de Ensino Médio Dona Filomena Moreira de Paula, em Miracema, destacou o alinhamento da forma de pensar e trabalhar com a Escola Jovem. “Achei essa formação riquíssima. As ações da escola são desenvolvidas em torno dos projetos de vida dos alunos. Quando pensamos no projeto de vida dos jovens, também refletimos sobre o nosso projeto de vida. Se não temos uma intenção de trabalhar em prol da qualidade do ensino e da aprendizagem, não estaremos em alinhamento com os resultados que esperamos dos estudantes”, disse.

Maristélia Alves Santos, coordenadora do Ensino Médio e membro da Comissão de Implantação do Programa Jovem em Ação, esclareceu que, durante os cinco dias de estudos, observou a motivação dos profissionais que participaram da formação. “Acredito que essa equipe fará a diferença nas escolas, com suas ações e sendo multiplicadores”, ressaltou.

A formação foi realizada pela Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes com o apoio do Instituto de Corresponsabilidade pela Educação (ICE), do Instituto de Qualidade da Educação (IQE) e Stem Brasil, este responsável pela formação dos professores que atuarão nas aulas práticas de matemática, química, física e biologia.

DEIXE AQUI SEU COMENTARIO

About Luiz Martins

x

Check Also

INFORMATIVO: Pré candidato a presidência da Ordem dos Advogados do Brasil no Tocantins, Juvenal Klayber visita Guaraí

Com objetivo de destacar suas propostas ...

Dia dos Pais em Gurupi é marcado com a realização do 2º Festival de Pipas

O segundo domingo de agosto, data ...

Núcleos de Cidadania do Adolescente são certificados pelo UNICEF

Jovens de Araguaína e mais 22 ...

Em Palmas: GMP recupera mais de 700 kg de pescados, aves e equipamentos furtados do Frigorífico de Aves e Peixes

A Guarda Metropolitana de Palmas (GMP) ...

Powered by Dragonballsuper Youtube Download animeshow