Home / Destaque / Em Palmas, Vereador Moisemar Marinho quer proibição da venda de canudos de plástico

Em Palmas, Vereador Moisemar Marinho quer proibição da venda de canudos de plástico

Preocupado com a preservação do meio-ambiente, o vereador Moisemar Marinho (PDT) protocolou o Projeto de Lei nº 010/2019, que dispõe sobre a proibição e a venda de canudos de plásticos em restaurantes, bares, lanchonetes e demais estabelecimentos de Palmas, uma vez que, segundo o vereador, os canudos não são biodegradáveis, revelando-se assim, um dos maiores poluidores do ambiente. A pena prevista para os estabelecimentos comerciais e ambulantes que descumprirem a regra é multa, que será aplicada em dobro em caso de reincidência. Os valores arrecadados com aplicação das multas serão destinados a programas ambientes municipais.

A Organização das Nações Unidas (ONU) tem colocado o tema em foco, visando mobilizar a sociedade, em âmbito mundial, para enfrentar o problema da poluição por plástico. O PL indica que países como a Índia, Bélgica, Costa Rica, França, Indonésia, Noruega, Panamá, Uruguai e, recentemente, Taiwan já baniram ou reduziram consideravelmente o uso dos canudos. Já no Brasil, cidades como Rio de Janeiro, São Paulo, Florianópolis, Campinas, Curitiba e Porto Alegre já aprovaram leis que proíbem a distribuição e uso de canudos de plástico.

Segundo Moisemar, banir o uso dos canudos de plástico é um importante passo para diminuir a poluição dos rios, mares e promover a proteção do meio ambiente. “Em geral, a proibição do uso dos canudos de plásticos, em nosso município possui mais uma tendência educativa, levando à conscientização do cidadão de que, aos poucos, precisamos mudar nossos hábitos para contribuir com a preservação ambiental”, afirmou.

About Luiz Martins

x

Check Also

Saúde promove oficina de qualificação para fiscais sanitários municipais

A diretoria de Vigilância Sanitária (VISA) do Estado, por meio da área ...

Powered by Dragonballsuper Youtube Download animeshow