Exposição retrata história de Lajeado e incentiva preservação do patrimônio cultural

Parte das atividades do 3º Encontro de Arte e Cultura de Lajeado, a exposição arqueológica, de zoologia e taxidermia e do patrimônio cultural proporcionou, ao público, conhecer elementos da cultura do município, com o propósito de incentivar a comunidade a resgatar e preservar a história da cidade e de seus antepassados.

Promovida pela Associação de Mulheres Artesãs e Empreendedoras (Amae) de Lajeado, em parceria com o Núcleo Tocantinense de Arqueologia da Universidade Estadual do Tocantins (Nuta-Unitins), a exposição, de acordo com o coordenador Jenilson Nolasco, possibilitou a muitas pessoas que ainda não tiveram contato com um museu, ou nunca viram uma exposição, vivenciar uma experiência nova e motivadora.

Segundo ele, na parte da exposição arqueológica, a proposta foi mostrar que Lajeado possui elementos desta natureza em seu patrimônio cultural. “Como muitas pessoas não conhecem o sítio arqueológico do município, elas puderam ver os objetos, assistir a vídeos dos trabalhos que foram realizados na região e conhecer”, explicou. Já a exposição de zoologia e taxidermia, trouxe, ao público, exemplares de animais do Cerrado tocantinense, com o propósito de mostrar a importância dos mesmos para fauna regional e de se buscar sua preservação, visto que estão em risco de extinção.

Tanto as peças da exposição arqueológica quanto as de zoologia e taxidermia fazem parte do acervo da Unitins. As primeiras, ficam sob a responsabilidade do Nuta, enquanto que a segunda, do Museu de Zoologia e Taxidermia José Hidasi, ambos localizados em Porto Nacional.

Casa de Memória

Um dos espaços que mais chamaram a atenção no encontro foi a Casa de Memória. Cedida pela presidente da Amae, Maria das Graças Gomes Monteiro, uma residência foi “montada”, reunindo uma série de peças, maquinários e utensílios domésticos utilizados pelos antigos moradores da cidade. Cada peça tem uma história e todo o acervo foi colhido com os moradores da própria cidade de Lajeado, que emprestaram suas relíquias para compor os ambientes da casa.

“Nós montamos aqui uma casa com elementos que são do cotidiano da população, desde o período da fundação do município aos remanescentes que estão hoje. São elementos que estão no cotidiano, inclusive, dos alunos que vêm aqui, para que possam se identificar e perceber que estes elementos são importantes para a identidade, história e cultura deles”, explicou Jenilson Nolasco.

Assim, a exposição proporcionou mais que conhecimento, resgatando memórias e criando identificação. “Com todo esse acesso a internet e televisão, nós tendemos a ficar presos a elementos que são de fora. Aqui trouxemos coisas importantes, desde os saberes e fazeres, arquitetura, a história do município. Tentamos retratar e mostrar um pouco destes elementos, inclusive com ambientes da família, como uma sala de jantar, um quarto; como era uma cozinha há 100 anos atrás”, destacou o coordenador.

Sobre o encontro

O 3º Encontro de Arte e Cultura de Lajeado foi realizado entre os dias 23 e 25 de novembro. O evento teve como objetivo promover as manifestações artísticas e culturais, por meio da vivência e disseminação do conhecimento. A programação contou também com palestras, oficinas, apresentações culturais, shows e gastronomia local.

Realizado pela Amae, o encontro contou com a parceria do Sebrae, da Prefeitura Municipal de Lajeado e da Investco, assim como do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Turismo e Cultura (Seden), do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) e do Nucleo Tocantinense de Arqueologia da Unitins (Nuta-Unitins).

Para a superintendente te de Desenvolvimento da Cultura, Noraney de Fátima Fernandes de Castro, o encontro foi fundamental para promover a disseminação do conhecimento. “Este evento serve como referência para outros municípios do Estado, que poderão usá-lo como modelo e incentivo. Nós, enquanto Estado, queremos parabenizar a Amae por esta iniciativa e reforçar o nosso apoio em todos os eixos culturais dos municípios tocantinenses”, afirmou.

DEIXE AQUI SEU COMENTARIO

About Luiz Martins

Powered by Dragonballsuper Youtube Download animeshow