Home » Destaque » Mais de 25 mil pessoas dos grupos prioritários já estão imunizadas contra influenza na Capital

Mais de 25 mil pessoas dos grupos prioritários já estão imunizadas contra influenza na Capital

Em Palmas, a Campanha de Vacinação contra Influenza já alcançou 46,1% da meta que é de imunizar 54.527 pessoas correspondentes aos grupos prioritários determinados pelo Ministério da Saúde, que já enviou todas as doses necessárias para atingir a meta. De 19 de abril até o momento foram imunizadas 25.134 pessoas nas 32 salas de vacinas da Capital. A Campanha segue até 1º de junho e o Dia D será em 12 de maio.

De acordo com dados da Central de Vacinas da Secretaria Municipal de Saúde (Cemuv/Semus), os trabalhadores da saúde, os idosos e os portadores de doenças crônicas são os que mais têm procurado os Centros de Saúde da Comunidade para se vacinar. Até o momento, foram vacinados 4.671 trabalhadores da saúde (70,1% da meta que é 6.654); 6.790 idosos (64,2% da meta que é 10.578); 4.959 portadores de doenças crônicas (50,4% da meta que é 9.830); 269 puérperas (44,9% da meta que é 599); 1.389 gestantes (38,1% da meta que é 3.641); 6.037 crianças (30,4% da meta que é 19.825) e 1.019 professores (30% da meta que é 3.400).

A enfermeira da Cemuv, Juliana Araújo, reforça que não há motivos para pânico na cidade, uma vez que não há casos confirmados da doença. “Sabemos que tem áudios circulando nos grupos de WhatsApp, mas a verdade é que no sistema de vigilância do Ministério da Saúde, trabalhamos apenas com a notificação de casos graves hospitalizados. Tivemos 15 casos notificações de casos suspeitos este ano, nenhum confirmado para influenza e também não tivemos óbitos”, ressalta Juliana, afirmando ainda ser mito a informação de que ao tomar a vacina a pessoa fica gripada. “A vacina é segura, é a melhor forma de prevenir a doença e ninguém fica gripado ao tomá-la.”

Saiba mais

A influenza é uma doença respiratória infecciosa de origem viral, de elevada transmissibilidade e distribuição global, com tendência a se disseminar facilmente em epidemias sazonais. Os subtipos A e B apresentam maior importância clínica.

Os vírus influenza circulam no ambiente e em alguns momentos apresentam maior circulação, especialmente no período do outono e inverno.

As principais medidas de prevenção para influenza são:

– Frequente higienização das mãos, principalmente antes de consumir algum alimento;

– Utilizar lenço descartável para higiene nasal;

– Cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir;

– Higienizar as mãos após tossir ou espirrar. No caso de não haver água e sabão, usar álcool gel;

– Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;

– Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas;

– Manter os ambientes bem ventilados;

– Evitar contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas de influenza;

– Evitar sair de casa em período de transmissão da doença. Evitar aglomerações e ambientes fechados (procurar manter os ambientes ventilados);

– Intensificar ingestão de líquidos.

DEIXE AQUI SEU COMENTARIO

About Luiz Martins

x

Check Also

Teto de loja de móveis e eletrodomésticos desaba em Araguaína

Parte do teto da loja Liliane ...

Presidente da ACIAG participa de reunião na sede da BRK Ambiental, em Guaraí

A presidente da Associação Comercial, Industrial ...

ARTIGO DE OPINIÃO: Eleições Suplementares

Por Cláudio Miranda Silva ​É bem verdade ...

João Cláudio Genu se entrega à Polícia Federal em Brasília após condenação na Lava Jato

O ex-assessor do Partido Progressista (PP) ...

Powered by Dragonballsuper Youtube Download animeshow