Home / Destaque / Saúde alerta sobre a prevenção de doenças sexualmente transmissíveis no Carnaval

Saúde alerta sobre a prevenção de doenças sexualmente transmissíveis no Carnaval

O Governo do Estado tem realizado campanhas contínuas, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), em parceria com o Ministério da Saúde (MS) e secretarias municipais de saúde, considerando uma série histórica expressiva com número de pessoas que vivem com o Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV) e a Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (Aids). O objetivo dessas campanhas é conscientizar a população para a prevenção.

As mobilizações se intensificam com o período de Carnaval. Para tanto, a SES tem orientado os municípios a intensificarem as campanhas e as ações que visam alertar a população para a gravidade das Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs), chamando atenção para a prevenção combinada (ampliação da distribuição e educação para o uso do preservativo, diagnóstico pela testagem rápida e tratamento precoce). O objetivo é atingir a maior parte da população, promovendo sua divulgação em todos os meios de comunicação, desde mídias impressas e eletrônicas.

A Secretaria de Estado da Saúde vem promovendo a formação de novos profissionais habilitados nos municípios para realização da técnica que permite tanto o diagnóstico do HIV, quanto a avaliação para sífilis e hepatites virais B e C, nas unidades básicas de saúde. “Pedimos que os municípios ofertem testes rápidos de diagnóstico do HIV, palestras educativas, mas principalmente que a população não esqueça que o uso da camisinha é essencial e as mesmas estão disponibilizadas em larga escala, em todos os municípios, mensalmente”, destacou Márcio Tales, assessor técnico da Gerência Estadual de DST/Aids e Hepatites Virais.

A preocupação da área técnica é reforçada pelos números do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan), os quais apontam que, em todo o Estado, foram registrados 110 casos de Aids e 304 de HIV, em adultos, em 2017. Em 2018, apesar da queda de casos de Aids, com 65 registros, o número de HIV cresceu, chegando a 391 casos.

Material disponível

Para este mês, foram disponibilizados 500 mil unidades de preservativos masculinos de 53 mm; 400 mil unidades de gel lubrificante; além de testes rápidos de HIV, Sífilis hepatites virais B e C. “A disponibilização é mediante solicitação encaminhada à Gerência Estadual de DST/Aids e Hepatites Virais, localizada no Anexo I da Secretaria de Estado da Saúde, 1º andar. Todo o material deste mês já está, quase em sua totalidade, nos municípios”, afirmou Márcio, acrescentando que Palmas recebe o material diretamente do Ministério da Saúde. 

Modo de transmissão do HIV/Aids 

O HIV é um retrovírus, transmitido por meio de relação sexual vaginal sem camisinha; anal sem camisinha; oral sem camisinha; uso de seringa por mais de uma pessoa; transfusão de sangue contaminado; da mãe infectada para seu filho durante a gravidez, no parto e na amamentação; e por instrumentos que furam ou cortam não esterilizados.

DEIXE AQUI SEU COMENTARIO

About Luiz Martins

x

Check Also

Estado destaca parceria com Apae e trabalho realizado pelo Centro de Reabilitação no Dia da Síndrome de Down

No dia 21 de março, é comemorado o Dia Internacional da Síndrome ...

Powered by Dragonballsuper Youtube Download animeshow